terça-feira, 21 de setembro de 2010

E a solidão, mais uma vez bate a minha porta. Em minha cabeça, pensamentos como "tristeza e dor" se instalam, e não me deixam em paz. Meu coração acelerado não sei se por medo ou raiva, se fecha entre suas batidas mal sentidas. Talvez eu seja o pior ser humano, ou talvez ninguém realmente se importa comigo, eu só sei que quero poder sentir sono e acordar sentindo o leve pesar do sol sobre meus olhos, e já pensando em como será a sua reação ao me ver chegar. Não, ninguém vai te machucar, me sorria e encontrarei força pra te salvar por uma vida inteira. !

Nenhum comentário:

Postar um comentário